terça-feira, 16 de outubro de 2012

Preciso de ar

Imagem da Internet
Paredes dispersas a minha frente
Um canto nesse chão, tudo que tenho
Ar pra respirar preciso
Pra minha matéria, pra minha alma
Penumbras lançadas a face
Encolhida ao som da brisa dessa noite
As mesmas sensações
De que o céu se derrama e lava e leva
Estrelas contidas em mim
Algumas reluzem, outras já se apagaram anos atrás
Mas estou tentando mais uma vez
Não deixar o escurecer-se total


Cristina Lira




Minhas fortalezas



Imagem da Internet


Sou feita de lágrimas e sorrisos
Um misto de tudo isso,
Intenso de tudo.
E já se foi tanto meu mundo
Despedaçado por outros
Fortaleza minha que permiti
Que ficassem a vontade
E sem perceber
Trouxe tropa inimiga para dentro da área
Mundo em ruínas
Devastado...entrega ao solene vazio
E se desfaz, aos pouquinhos
Não sei viver sozinha
Apenas comigo
E ofereço abrigo
A quem fica por hora
Depois bate a porta
E esquece de dizer, obrigado!
Não que mereça agrado
Mas o mundo...todo instante...foi meu.

Cristina Lira