segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Que amor é esse???

Imagem da Internet


Não...não é que eu seja uma defensora implacável do amor e dos sentimentos dos outros.
Na realidade é muito mais que isso, tem relação com COMPORTAMENTO, AÇÃO...
Estive conversando com alguns amigos que compartilharam um pouco de sua vida na parte mais romântica do viver, o apaixonar-se. E quase nenhuma dessas pessoas se mostraram satisfeitas com o que estão vivendo. Com seus relacionamentos. E isso assusta.
É justamente nessa parte que me pergunto:
Como pode duas pessoas que supostamente se amam, se gostam, não estarem se fazendo bem?
Como pode que pessoas que dizem "eu te amo" seja as mesmas que proferem..."eu já não suporto mais".
Ora sorriem....ora choram....
Talvez todos nós estejamos incorrendo no erro de esperar muito do outro.
Mas e quando o outro realmente não oferece nada???
E quando o outro só espera receber?
Será que é isso que está acontecendo?
Desequilíbrio?
Sinceramente, meus amigos, eu me assusto com isso...
Relacionamentos onde não há tanto respeito e consideração pelo sentimento do próximo.
Relacionamentos onde cada um quer se sentir realizado, não havendo a preocupação de pensar se o companheiro sente o mesmo.
Não acontece isso com todos os casais, lógico que não.
Mas está acontecendo com muitos por ai.
Capacidade de amar... Talvez estejam confundindo tudo.
Amar não é dizer: eu te amo. Não...não...não....
Estas palavras se pode dizer a qualquer coisa.... e podem não representar nada.
Amar não é apenas troca de beijos e abraços...e ponto.
Não é escrever um cartão numa data especial e dizer: amo você.
Amar não é estar com a outra pessoa enquanto seu organismo está reagindo e biologicamente uma série de alterações está acontecendo. E depois que organicamente você se acalmar? Só por isso o amor passou?
Que tipo de amor é esse que estão confessando hoje?
Que tipo de amor é esse? Baseado em egoísmo?

Amar é ver na existência do outro um ser que merece respeito, carinho, afeto, verdades. Não um ser que serve para completar sua vida, mas alguem que está na sua vida e a torna um desafio mais simples por que você deixa de ser um, e passa a ser dois... que não apenas falam de amor, mas agem em amor...e isso...isso é tudo...

Cristina Lira