domingo, 17 de junho de 2012

Composição da vida

Imagem da Internet

Um céu repleto de nuvens esfiapadas
Um jardim na terra promovendo perfume carinhosamente no ar
Inalado doce por almas sensíveis
Onde se sente todas as notas de um perfume, puramente natural.
Brisa que toca a pele numa delicadeza que arrepia
E os passaros fazem festa com o despertar do sol numa manha fria
Tudo em volta na mais linda harmonia
Naturalmente compondo uma sinfonia
Quem sou eu?
Para não me deixar levar por toda essa onda de vida?
Quem sou eu?
Para me renegar a participar de tudo isso?
Quem sou eu para impedir que tudo que sou
Faça morada na casa da minha existência?


Cristina Lira




AUTO - des - controle

Imagem da internet

Se todas as vezes tivesse obedecido ao meu auto descontrole
Teria todas as vezes quebrado as vidraças
Lançado os livros que estavam em cima da mesa
Teria falado as palavras que, como enchente, invadiam minha mente.
Teria falado mentiras, e algumas tantas verdades
Teria gritado alguns desabafos
Teria apagado algumas coisas, ou pessoas

Mas se tivesse agido assim
De certo não seria mais a mesma
Pois teria mudado a radicais sem precedentes
E nunca mais me reconheceria!

E como não obedeci ao descontrole
Não quebrei as vidraças, embora algumas tenham ganhado trincões
Não desarrumei os livros, os organizei
Não falei das palavras tempestuosas que inundavam minha mente
Antes provoquei sol forte para secar as áreas alagadas
Falei das verdades, apenas!
Desabafei, mas sem gritos!
Nada apaguei, nem coisas ou pessoas...


E permaneci me reconhecendo!
E me sinto bem...


Cristina Lira





R e s p i r a r



Ah! Por favor...
Querer está só e pensando
Não significa que seu mundo está acabando!

É preciso está so as vezes
Aquecer-se com a própria companhia.
Isso acalma!


Só preciso r e s p i r a r  meu ar, no meu próprio e s p a ç o !


Cristina Lira





Parte difícil



A parte mais difícil
É colocar o coração no lugar
E descobrir que ele não quer mais ficar

É olhar a tudo em volta
E perceber que as cores
Tendem a desbotar para assumir o colorido de antes

Imaginar uma série de momentos felizes acontecendo
E nenhum deles provocar a alegria verdadeira
Por que quando se olha para o lado, se percebe um vazio

A parte difícil é quando
Tudo parece grande demais
para caber dentro de uma única pessoa

É quando as mãos vão se desencontrando
Os corpos se afastando
E a alma gritando para ficar



Cristina Lira



Não entendo




Só você consegue
Produzir em mim
Meu melhor sorriso!
Só acontece com você
O melhor do meu dia...

Cristina Lira