domingo, 8 de janeiro de 2012

Pequenas atitudes mudam o dia

 

Interessante como poucas coisas tem uma influencia grande na nossa vida e a capacidade de nos desestabilizar. Fácil demais as lágrimas rolarem, fácil demais as palavras ditas de forma desconsideradas se alojarem em nossos corações. O difícil é tentar não absorver tudo isso, é tentar não poluir o lençol branco que reveste nosso ser e encobre nossas curvas. Mas, ainda que tudo isso tenha um grande impacto nas nossas vidas, bem maior é capacidade que temos de sorrir, mesmo que seja um sorriso entre lágrimas, aqueles do tipo, onde se rir e se chora ao mesmo tempo, e as mãos vão aos olhos. É esse um exemplo simples de como somos fortes, por que não é fácil arquear na face um sorriso quando se estar aos prantos. Da mesma forma em tudo na nossa vida. É preciso ter a atitude de sorrir para si mesmo, ainda que diante do espelho possamos notar o caminho que as lágrimas esculpem na nossa face. É preciso respirar fundo, sorrir de forma cúmplice a si mesmo, e prosseguir, não como se nada tivesse acontecido, mas como quem entende o que acontece e sabe que pequenas atitudes mudam um dia, uma vida...




Eu posso mudar o meu dia. Nós podemos fazer as mudanças acontecerem, para isso, haja energia e disposição, e um adeus ao comodismo. Hora de ir para o palco da vida, sair dos bastidores, assumir a liderança da própria existência.
Cristina Lira