Não quero um amor


Imagem da Internet



Não quero um amor frustrado
medido nos padrões sociais
Não quero um amor medido
tema de novela e capa de jornais

Não quero um amor egoísta
Que apenas pensa em receber
Quero um amor maduro
Que também saiba ceder

Não quero um amor materialista
Que só pense no ter
Quero um amor que saiba amar
A existência do ser

Não quero um amor que diga "te amo"
Como quem diz "bom dia"
Quero um amor que diga "te amo"
E  seja comigo todo dia

Não quero um amor de aventura
Prefiro paz e serenidade
Um amor que não produza amargura
E seja fiel a verdade

Não quero um amor que não saiba ser forte
Que tenha coragem de enfrentar desafios
Que acredite em Deus e não na sorte
Que deixe Deus tecer os seus fios.

Cristina Lira



http://passossilenciosos.blogspot.com





Comentários

  1. Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom, li algumas coisas folhe-ei algumas postagens, gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, e espero que continue se esforçando para sempre fazer o seu melhor, quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha. Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que haja muita felicidade e saude em sua vida e em toda a sua casa.
    PS. Se desejar seguir o meu blog,Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antônio!
      Grata por sua visita, e concerteza estarei lá no seu espaço tbm!
      beijos e semana de paz.

      Excluir
  2. Cristina,li e reli seu poema.Rimas bem construidas.Tenho feito uma garimpagem no campo das poesias, pois admiro quem as escreve.Sei que os poetas podem tudo,pois dizematravés das palavras o que queremos ouvir.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigada Marli, seja bem vinda ao meu espaço.
      Sinta-se abraçada!
      Fique a vontade, a casa é sua rs
      Tenha uma semana de paz!
      Beijos!

      Excluir
  3. Eu concordo com a Marli, pois está muito bem construído mesmo. A métrica segue uma simetria excelente. Hoje todos são poetas e escrevem estrapolando na construção, porém é muito bom quando vemos estrfes bem demarcadas. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Malu!
      Grata pela visita, por tua companhia aqui.
      Obrigada pelas palavras.
      Tenha uma semana de paz!

      Excluir
  4. Linda poesia. O amor é realmente tudo isso o que se espera dele e muito mais, se assim não for não é amor. Parabéns pelo post. Um abraço

    ResponderExcluir
  5. As vezes vem
    do jeito que ele quer
    são como versos
    que querem se tornar poemas
    as vezes vem de madrugada
    as vezes vem todo quebrado

    belo poema

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Um dia você aprende... - Willian Shakespeare - ( Um dos textos que gosto)

Valorize a pessoa que está ao seu lado e que te aceita como és...

A vida passa rápido demais