domingo, 5 de agosto de 2012

E achava graça

Imagem da Internet

Caminhava, e achava graça
Dos desafios que se antepunham ao caminho
Dos monstros que saiam da escuridão
Caminhava e achava graça
Das paredes de vidro que formavam barreira
E deixavam ver a estrada, mas se tornavam obstáculos
Caminhava e sorria sozinha de tudo
E repetia a cada prova
Para todo aquele que quer caminhar
Obstáculos são apenas o enfeite da estrada
Para que o andar não se torne
um previsível e verdadeiro tédio
Mas um imenso e inesquecível aprendizado!


Cristina Lira




2 comentários:

  1. Lindo Cristina,
    E a vida é assim,esse eterno aprendizado,vez ou outra aparecem uns obstáculos,mas a fé e o sorriso que carregamos sempre nos levam além.
    Uma ótima semana,abraço,=)

    ResponderExcluir
  2. Que lindo to precisando mesmo entender que o caminhar pode ser isso mesmo um
    "imenso e inesquecível aprendizado"

    ResponderExcluir