domingo, 26 de agosto de 2012

Chega uma hora

Imagem da Internet

Chega uma hora em que
Simplesmente se toma a decisão de dar a volta por cima
Erguer a cabeça
Utilizar em ação a palavra superação.
Chega uma hora que é como se ganhasse asas
E alguns ao ve-las tentarão corta-la
Mas nessa hora
Você as sacode e gentilmente mostra
Que elas tem um poder de renovação
Nós temos esse poder...

Cristina Lira



sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Inconstantes

Imagem da Internet


Nunca estou num mesmo lugar.
Nem fora, nem dentro de mim...

Cristina Lira



Talvez seja tarde demais


Você sempre esquece um detalhe,
Eu
E talvez agora seja um pouco tarde,
para mentir que não.
Talvez, talvez seja um pouco tarde,
pra você.
Estive torcendo muito por tudo
Vibrando na arquibancada
Dei pulos de alegrias em seus sucessos
Mas você sempre esqueceu um detalhe,
Eu
Você abraçou todos os seus amigos
As pessoas que estão ao seu lado por interesse
Você conversou todo serelepe com conhecidos
Quanto a mim que estive do seu lado
Fui apenas a imagem embaçada no espelho
Detalhe que passa despercebido
E agora, talvez seja um pouco tarde
Dei a chance que você pediu
mas não soube usar
Quantas vezes você me surpreendeu?
Apareceu de repente?
Nenhuma...
Você se importa muito com o que é passageiro
Eu sou do eterno, das coisas eternas.
Talvez seja tarde, tarde demais....


Cristina Lira


 

Justificativas futeis


Imagem da Internet


Sempre do tempo que sobra.
Isso não me parece justo.
Estou aceitando todas as suas cartas.
Será que um dia você aprende a valorizar quem te ama?
Ou será que as coisas sem importância dessa vida passageira sempre irão te fascinar os olhos?
Você sempre se afunda nas suas próprias justificativas.

Cristina Lira





segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Meus 25 anos

Imagem da Internet

Estou parando para refletir um pouco. Próximo dia 23 de agosto, estarei com meus 25 anos.
Sou do tipo que gosta de ver a vida passar, os dias passarem para que outros possam chegar.
E começo agora mesmo, a ir refletindo essa minha pequena trajetória humana.
Familia, amigos, parentes...
Sentimentos....todos juntos....
As horas e dias de lágrimas
As vezes que tudo parecia ser o fim
As horas de risos e gargalhadas
As vezes, por, nada....
Os desafios, que ora pensei que fossem me engolir
Os medos...defeitos...erros...
Perdão que dei e recebi. Amor, fé...
Quanto mais o tempo passa, eu percebo, mais pequena me torno.
Grata a Deus por tudo que vivi.

É tanto sentimento guardado aqui dentro, 
tantas sensações vividas... 
sábia a vida, 
sorte minha.


Obrigada Senhor por cada jóia que me destes, meus melhores e maiores presentes:
Cada um daqueles que fazem parte da minha vida e da minha História.

Grata por tudo e a todos!
Obrigada...


Cristina Lira
Abraços afetuosos a todos que fazem parte da minha vida.
Tê-los comigo, isso sim é ser FELIZ...
*.*


 

 

Foi e é...diferente

Imagem da Internet

Foi diferente, desde o início
A forma como a vida se encarregou
De nos colocar cara a cara
Foi diferente desde o inicio
A forma como surgiram nossas conversas
A forma como um abraço prometido
Foi dado... num dia casual
Foi diferente
É diferente
Por que só você chama pelo meu nome
De forma diferente
E com você, os melhores momentos
E com você, um sonho pra ser real
E com você toda parte de mim
Que apenas te escolheu
Para reinar aqui
Lugar só teu
Meu
coração...
Diferente de tudo que já senti
Único pra você
meu amor, meu ser...
Te amo, bem querer...
 


Cristina Lira

 
 

Nada nem ninguém



Imagem da Internet



Hoje, um medo estranho toma conta de mim
Uma daquelas sensações que não se consegue definir por mais que se tente.
Um medo, não de perder os outros.
Não de perder a nada.
Não tem haver com ninguém ou algo em especial.
É apenas um medo bobo, estranho e sem nexo
Aqui dentro,
batendo...circulando...

Só quero ver raios de sol
E sorrisos
E conversas
E brincadeiras
De todos e de tudo
Meus amigos... que laços nos unem?
Infinitos... apenas Deus sabe.

Cristina Lira




terça-feira, 14 de agosto de 2012

Valorize a pessoa que está ao seu lado e que te aceita como és...

Imagem da Internet

Não reserve para a pessoa que você ama, ou que diz amar, do tempo que resta.
Mas separe em seu dia o tempo para nutrir, zelar e cuidar do sentimento que despertastes no outro e o outro em ti.
Não desconsidere tanto a pessoa que te ama, pois não sabes quanto tempo ainda a terá contigo.
A vida é sempre cheia de surpresas.
Não deixe passar a oportunidade de dizer que ama.
Faz muita diferença na vida de alguem o " bom dia", " Como você está?" , "como foi seu dia?", "dorme bem" e um "amo você".
Todos temos mil e uma tarefas para realizar no decurso de um dia ou de uma semana.
Mas nada pode tomar tanto nosso tempo a ponto de deixarmos esperando aqueles que muitas vezes passaram o dia inteiro a espera de uma ligação, uma visita, um convite para sair...
Cada um daqueles que estão em nossas vidas, estão por um motivo especial, divino.
Devemos parar e nos perguntar: Como estou tratando a pessoa que me ama?
Se a resposta te fizer sorrir, ótimo.
Mas se vier pontadas de preocupações, ou o sentimento de culpa, de que podia melhorar suas ações. Acredite, faça isso imediatamente.
Por você, alguem pode ter perdido o sono, ou até mesmo ir dormir com os olhos lacrimejados e o coração parecendo que foi lançado num mar de espinhos.
Se não estamos dispostos a dar a atenção a pessoa que nos disse um "sim" para um pedido simples como: quer ficar comigo? namorar comigo? casar comigo? Posso te beijar?
Se não estamos dispostos a amar e considerar que não estamos sozinhos, mas que a partir do momento que uma outra pessoa entra em nossas vidas passamos a ser dois....
Por que despertar amor na outra pessoa?
Por que enche-la de carinho?
De atenção?
Se depois não estaremos mais dispostos a continuar na mesma intensidade?
Muitas pessoas são individualistas.
Esperam somente serem amadas, mas não amam.
Esperam carinho, mas não acarinham.
Esperam de tudo, e não fazem nada.
Se você não está disposto a valorizar a pessoa que tem do seu lado, que te ama e se preocupa contigo, o que esperas da vida?
Por favor, amem aqueles que aceitaram estar ao seu lado.
Pois são estas pessoas que nos aceitam exatamente como somos.
Com defeitos, falhas, manias.
Dediquem um tempo a nutrir o amor que sentem um pelo outro.
Não dêem do tempo que resta.
Por favor, não esperem perder quem ama para dar valor.
Não fiquem com ninguém para "passar o tempo".
Lembre-se: todos temos sentimentos, e sentimos.

Cristina Lira



Imagem de passos silenciosos - blogspot





Tribulações








Eu precisei tantas vezes de você
Não para que falasses algo
Mas para que apenas me abraçasse...


Cristina Lira

Quando eu não podia comigo

Imagem da Internet


SENHOR
Fostes o único a perceber a minha dor
Te busquei sedenta
Como andarilho pelo deserto
E no meu desespero de te encontrar
Quase desisti de continuar
E quando eu não mais podia comigo
Me sustentastes
Convertestes meu pranto em sorriso
E fizeste de mim o que ninguém jamais faria
Me transformastes como jamais imaginaria ser possível
Obrigada por que me abraças e me permites te chamar de
P A I...

Cristina Lira


Eu supero

Imagem da Internet


Depois de tudo que vivi
Depois de cada momento que passei
Se me empurrarem dez vezes
Me levantarei todas elas
Se sabotarem meus planos
Se surpreenderão 
Sempre tenho um plano B, C...
Se me fizerem  chorar
Secarei as lágrimas
Mas não mudarei o que sou
Por ninguém
Mas sempre admitirei um erro
 Se me fizerem sofrer...
Paciência!
Eu supero...sempre supero!


Cristina Lira


 

Ninguém tem a função: A D I V I N H A R

Imagem da Internet


Só peço sem contendas
E em minha alma pequena
Me ajude a entender tudo que está a se passar
Pois se há um poder que não tenho
É o de adivinhar

Desculpe-me a pequenez
Mas até me esforcei
Para entender tudo em cada detalhe

Se não correspondi as expectativas
Não passe uma borracha no meu nome em sua lista
Mas escreva no rodapé da página que tem seu nome
Pra essa mulher, eu poderia ter sido um homem...
E nunca se esqueça enquanto vida tiver
Ser adivinha não é função de nenhuma mulher ... ( de ninguém)


Cristina Lira



Dosagem do agora

Imagem da Internet

Antes estava vivendo esperando muito
Hoje perigosamente e desafiadoramente radicalizei
Não espero mais
Vivo o que tenho
Ri-me boba ao descobrir
É exatamente isso que me faz feliz
Essa dosagem do agora!


Cristina Lira



Minhas estranhas certezas

Imagem da internet

Sabe
Tenho a sensação que já conheço esse filme
E estou falando aos outros
Das coisas que preciso ouvir
A realidade de alguns amigos
Se mesclam a minha
Sensação estranha de saber o final
E, sinceramente, preferiria não senti-la
E viver da inconstância dos momentos
E não das estranhas certezas...

Cristina Lira


 

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Fragrância que flui

Imagem da Internet



Não nasci pra ser enfeite
Nem mármore que ornamenta
Não nasci pra ser deleite
De mente que apenas ostenta

Sou livre igual pétala carregada pelo vento
Mal piso no chão e meus passos somem
Pegadas impressas em dunas do tempo
Fragrância fluindo livre esquecida do ontem...

Tal qual brisa
De passagem...passando...


Cristina Lira




"Quero fazer contigo o que a primavera faz com as cerejeiras"



Imagem da Internet


"Quando não te doeu acostumar-te a mim,
 à minha alma solitária e selvagem,
 a meu nome que todo afugentam.
 Tantas vezes vimos arder o luzeiro
 nos beijando os olhos e sobre nossas cabeças
 destorcer-se os crepúsculos em girantes abanos.
 Sobre ti minhas palavras choveram carícias.
 Desde faz tempo amei teu corpo de nácar ensolarado.
 Chego a te crer a dona do universo.
 Te trarei das montanhas flores alegres,
 copihues, avelãs escuras, e cestas silvestres de beijos.
 Quero fazer contigo o que a primavera faz com as cerejas."

Pablo Neruda


 

domingo, 12 de agosto de 2012

Mar dominado

Imagem da Internet

Saindo do mar
Que cai e estava a me afogar
Mas de tanto lutar contra a correnteza
Por incrível que pareça
Aprendi a nadar

Saindo do mar
Corpo vestido por respingos ao ar
E no mar que estava me afogando
Dele saio caminhando
Como quem levita...medita...

E se esse era meu medo
E até esse não mais existe
Respiro inclinando a cabeça pra trás
Outros medos poderão surgir
Mas nenhum me dominará
Nunca mais...

Cristina Lira



Almas que amam

Imagem da Internet





Todo dia ao acordar, desperta pela brisa da manhã,
Assim como o orvalho suave toca o chão,
Seu amor, se desperta maior em meu coração
Cada instante a partir desta manha sei que sou feliz

Pois posso contemplar a beleza do dia
E sentir bem no fundo do meu peito,
Que você é quem traz o amor de cada dia
E sigo todo o dia, com uma força que não é puramente só minha.

Revigoro-me por sentir-te em tudo que sou,
E confundi-se em mim
Com minha essência,
 Numa cumplicidade divina.

Nesse sentir, perco-me em meus próprios passos,
Tento seguir os seus, e vejo que as pegadas são uma só,
Apenas uma vida em uma só caminhada rumo ao que sonhamos,
Rumo a nossa vida, rumo ao "um só"

E a cada passo,
Você permanece como a melhor marca em mim,
No decurso das horas você se eterniza,
E aos poucos te tornas a própria vida que vive em mim.

Hoje somos um
Que separados pelas circunstancias tentam unir-se,
Nossa alma dividida já não consegue
Estar bem sem ser completa

Com o nosso encontro tudo mudou,
Pois enfim estamos aos poucos nos unindo,
Sabendo que um dia voltaremos a ser
O que jamais deixamos de ser... uma só alma

E por esse saber,
És a manhã, tarde e noite do meu dia.
As estações dos anos que já vivi, e ei de viver.
Em ti encontro a razão pra dizer, o quanto amo você.

Nesse amor encontro
A força para levantar em mim e ser feliz,
De ser o que poucos um dia foram felizes em qualquer circunstancia,
Pois tenho a segurança de esse amor ser eterno


Cristina Lira ***

Juntos



Imagem da Internet



Um coração sozinho é uma vida, dois corações que se amam, batendo juntos é um milagre.
 (Cristina Lira)



Marcas

Imagem do Blog




Ela

Como pode o amor me querer
Se porto cicatrizes
Se porto defeitos
Se sou perfeitamente imperfeita
Como pode o amor me entender
Se em mim não há atrativos
Se sou amarga ao seu paladar
Se não tenho todas as cores
Não sou tão iluminada quanto aparento
Como pode o amor querer me ver
Se o que há em mim é simples
Como pedras e fragmentos da areia
Se apenas sou cinza, ainda que viva
Não sei como o amor
Poderia realmente me ver
Se as cicatrizes borbulham
De uma forma tão visível...tão impactante
Como o amor poderia recostar-se em mim
Se nada tenho que não seja eu
Se não tenho ambição de riquezas
Se sou uma ferida fechada
Mas isso não é a descrição do meu interior nem da minha alma
Como o amor poderia me entender, sem depois partir
Como o amor poderia me ver, sem depois cegar
Como o amor poderia me tocar, e ainda aceitar
Tudo isso que evapora visivelmente aqui


Ele

Marcas... que te fizeram amor!

Como pode o amor não te querer
Se mesmo diante das dores
Dos fracassos e das perdas
Te fizeste mais forte do que pensas
E mais sensível que qualquer poeta
A amargura que sentes o gosto
É mais doce que as mais doces existências
E faz todos a sua volta se sentirem assim... suavemente doce!
A luz de tuas cores são vivas
Se movimentam como bailar de pássaros
Num lindo dia de primavera
Sob um céu perfeitamente azul!
O amor te entende por você ser o amor
Te vê porque tem espelho!
Te toca... porque em mim também tem um amor que é só seu!
Sua simplicidade me anima e me faz feliz
Te amo demais
Cada pedaço do seu ser
Agradeço a Deus
Por este presente de inestimável valor que és!



Cristina Lira  * * *



domingo, 5 de agosto de 2012

Dias diferentes


Imagem da internet


...Alguns dias simplesmente vem com acontecimentos que...s u r p r e e n d e  m . . .



Cristina Lira



Relendo páginas

Imagem da Internet


Comecei a revisar algumas páginas do livro que é minha vida,
e estou receosa de rasgar algumas delas,
por isso estou,
analisando com cuidado,
talvez....
talvez chegue a conclusão
que é melhor deixa-las por lá,
bem enumeradas,
bem em mim.
É que algumas vezes,
como uma avalanche,
vem uma necessidade,
de que alguns momentos
não entrem nos acontecimentos
da minha vida.
Mas isso,
é impossível de ser...

Cristina Lira




E achava graça

Imagem da Internet

Caminhava, e achava graça
Dos desafios que se antepunham ao caminho
Dos monstros que saiam da escuridão
Caminhava e achava graça
Das paredes de vidro que formavam barreira
E deixavam ver a estrada, mas se tornavam obstáculos
Caminhava e sorria sozinha de tudo
E repetia a cada prova
Para todo aquele que quer caminhar
Obstáculos são apenas o enfeite da estrada
Para que o andar não se torne
um previsível e verdadeiro tédio
Mas um imenso e inesquecível aprendizado!


Cristina Lira