Por um toque

Imagem da Internet
Puxo as cortinas
Sento numa cadeira diante do cenário
Dos cenários que quero rever
Hoje quero todas as cenas

E com um controle mental,
Passam-se todas, desde o inicio
Tantos momentos alegres
Tantos momentos exaustivos

E as imagens vão circulando em globo
E lá está...você!
Levanto da cadeira e estendo a mão em sua direção
Tentativa vão de te tocar

Minhas mãos transpassam a imagem
Que meus olhos projetam
Vinda de minha mente
Gravada em meu coração

E me curvo sobre mim
As imagens aceleram
Minhas lágrimas não secam
A falta que sinto de você, fere forte

Levanto, abro as janelas, afasto as cortinas
E o dia me fala de você
Seu sorriso, toca meu sorriso
E posso seguir...e sigo. Sempre te amando!


Cristina Lira


Comentários

  1. Em alguns momentos adoro o silêncio......bela poesia. A cortina puxou adequadamente e o amor encerrou com chave de ouro. kk

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Um dia você aprende... - Willian Shakespeare - ( Um dos textos que gosto)

Valorize a pessoa que está ao seu lado e que te aceita como és...

A vida passa rápido demais