quinta-feira, 12 de julho de 2012

Cigana


Imagem da Internet


Meus passos que antes andavam em outros caminhos
Agora aprenderam a trilhar o próprio andar
Meus passos que antes faziam tudo para te seguir
Podem a qualquer momento te deixar

Meus passos são ciganos, meu coração também é
De tanto andar em corda bamba aprendeu
Que antes de existir o tu e o você
Existe o mais importante... o eu

Um abraço, meu caro, faz diferença...nem todos sabem amar
Não se iluda pensando que me tem
Meus passos e meu coração são nômades
Ciganas...cigana não é de ninguém

E enquanto o dia passa e você nem lembra que existo
Vai aos poucos me perdendo, não tente conquistar coração cigano
E vou caminhando, sempre adiante, não olho para trás
Se quiser vir, venha, ou viva no seu engano!


Cristina Lira



13 comentários:

  1. É aquela velha história do amor próprio, de pensar em você primeiro. Em fazer você feliz primeiro... Linda poesia, como sempre.

    Uma abençoada tarde de quinta-feira.
    Grande abraço.
    Tati.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderExcluir
  2. preciso ler todos os dias este poema Cristina..
    e aprender a viver-me..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Cristina querida


    Uau!!!!
    Que poema lindo!

    "E vou caminhando, sempre adiante, não olho para trás
    Se quiser vir, venha, ou viva no seu engano!"


    Adorei isso menina.


    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  4. Sensacionalll!ah que coisa boa poder ler esses versos.
    É isso mesmo,tem horas que a gente vira cigana,o coração tem que seguir outro ritmo e a vida andar por outros caminhos,para que possamos ser ainsa mais felizes.
    Um lindo final de semana,abração,=)

    ResponderExcluir
  5. Assim caminhando pelo mundo nos encontramos.Parabéns pelo belo poema.Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Cristina querida


    Que coisa mais linda teu poema.


    "E vou caminhando, sempre adiante, não olho para trás
    Se quiser vir, venha, ou viva no seu engano!"

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  7. E "o eu" Cristina é sempre importante mas, por vezes, não é tudo.



    Beijinho

    ResponderExcluir
  8. Hum que lindo! parabéns!
    vim conhecer seu blog...e gostaria de voltar se assim me permitir.
    Ofereço meu award e minha amizade.
    Uma linda noite e um final de semana maravilhoso.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Cris...Tem hora na vida que precisamos mesmo é virar a mesa, fazer diferente, seguir adiante e levar só o que realmente vale a pena.Lindo demais e bem direto...beijos e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  10. Boa noite, Cristina. Maravilhoso o seu poema, devemos nos amar em primeiro lugar, e deixar o amor que temos pelo outro fluir em nós com tamanha intensidade , mas não a ponto de nos machucar, e casais fazem isso, sofrem, se machucam esquecendo o real significado do amor, que é o respeito e companheirismo.
    Eu poderia ficar aqui direto comentando, mas o meu filho quer entrar.
    Digo parabéns com louvor para você, muito inspirada!
    Um beijo imenso na alma, e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  11. Boa noite Cristina, mais uma vez estou encantado com mais uma poesia que saiu destes dedos mágicos, que transformam palavras em relíquias dignas de rei egípcio.Aguardo sempre com muitas expectativas seus textos maravilhosos e os amo a cada dia, a cada momento em que os leio!

    Tenha um ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  12. Oi Cris, linda! Maravilha os textos seus. Autonomia foi a mensagem que ficou para mim. Beijos e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  13. Ah, Cris,
    Que belos versos e é pra frente que se anda, não? Fico extasiado pelas palavras e por sua grandiosa capacidade em escrever mensagens tão belas.
    Seja feliz!
    José de Arimatéa dos Santos

    ResponderExcluir