domingo, 8 de abril de 2012

Parti...não tão longe




Ainda é edaz a percepção de sentir

Estimo que assim seja, demora infinda

Antes pudesse evolar-me

Ou evulsar de mim a existência solista

Desse ter amor, querer bem, muito bem...

Mas estimo que assim seja

Demora infinda, porque é inacabável

Esse depósito e amar o qual sou cheia e transbordo

Cálido sentir...calmo sentir!

Preciptado aqui...

Pois é hora de calmaria, emudecer os sons

Guardar tudo que teria para ser dito.

E nesta amálgama de emoções verdadeiras

Fecho os olhos e respiro suavemente

E a alvura de tudo permanecerá

Sempre aqui...laço jamais desfeito.

Eis o alvará, que nunca precisarei ceder

Por que a liberdade total sempre existiu

inalienável as emoções, jamais a outrem!

E não me torno inane, nem poderia...

Depois de um sorrir leve, quase imperceptivel


Parti...


Mas não tão longe que não consiga ouvir tua voz!



Cristina Lira




7 comentários:

  1. Um coração é livre de fortes emoções quando sabemos partir livremente...

    e nos refazer quando necessário voltar

    Abraços e um lindo inicio de semana pra ti
    Giovanna

    ResponderExcluir
  2. é poesia é isso. nossas emoções em versos e prosas. Aquilo que baila em nossa mente e emoçoes. por isso poesia é terna. abraços. lindo seu texto lamarque

    ResponderExcluir
  3. Bom dia!
    Linda sua poesia,senti toda sua emoção.
    Que bom quando nossos olhos refletem o brilho de nossa alma.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  4. lindo..

    feliz semana pra ti

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga

    As vezes
    só nos resta
    parar e respirar
    profundamente,
    para que a vida
    possa novamente
    nos alcançar...


    Que o abraço da alegria
    lhe conforte a vida.

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida
    O silêncio da calmaria nos faz muito bem ao coração e à mente...
    Passo pra felicitar-lhe também pelo período pascal que vivemos...
    Bjm de paz e festivo

    ResponderExcluir
  7. Minha querida

    Simplesmente maravilhoso poema...adorei e deixo um beijinho desejando que a Páscoa tivesse sido recheada de muita paz e amor.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir