terça-feira, 27 de março de 2012

Do coração



Eu? Ah! Eu te amo
Calma e mansamente
Hoje e eternamente
Assim sempre será

Não! Não tem motivo de ser
Para que possa amar você
O motivo maior que tudo
É sua existência nesse mundo

Todas as vezes que disse que eu te amo
Todas elas foram verdades 
E elas não se apagaram
Continuaram a ser as mais lindas verdades que carrego

Pois é...eu te amo!
De tanto que falei, talvez se canse de ouvir!
Por que não cansaria de falar.
Estou a dizer ao cochichos agora: te amo...te amo..te amo

Um música, uma unica nota!
Foram várias paixões, vários gostares
Mas uma única vez amor
E um único ser que por mim sempre será amado, você!




Cristina Lira



Nenhum comentário:

Postar um comentário