domingo, 22 de janeiro de 2012

Coração!


Coração!
Como você dança livre...
Quantas rosas jogadas no chão
E você não tem teto?
Não coração! Você não tem!

Coração!
Teus sorrisos parecem com a alegria
Descritas nos fins dos contos de fadas
Por que reages assim?
Ah coração! O que causas em mim!

E você grita coração, e você dança, e você canta...
E você samba!
O que você não sabe fazer?
Coração? Você ama?

Ah! Sim! Você ama!
Ah, coração! Como você se encanta...
E estás tão apaixonado
E chega a bater em descompasso

Ah, coração! Como você é delicado.
Mas o que você escreveu aí?
Ah! Já entendi...
É o nome do ser amado!!! Ah, coração, você ama!


Cristina Lira



Um comentário:

  1. bellissime poesie e bellissimo blog...ti seguirò
    Un saluto dall'Italia

    ResponderExcluir