quinta-feira, 28 de julho de 2011

Das surpresas na vida


Já morri e nasci tantas vezes, que mais uma vez posso morrer. De alguma forma aprendi a renascer, de tantas vezes que precisei usar desse artifício.  Já chorei e sequei as lágrimas tantas vezes, que mais uma vez ainda poderei chorar, mas nesse meio termo, aprendi a sorrir, e essa é a melhor parte da história. Já cai e levantei, nenhuma queda foi tão forte a ponto de me prender ao chão, nenhuma queda é forte demais que não se possa levantar, nem que seja com ajuda. Vi o sol nascer, a lua surgir, e arco-íris transpassar nuvens... Mas já vi tempestades, vendavais, farfalhar das folhas das árvores além do normal, mas sempre houve um dia de sol. Perdi algumas batalhas, por não saber como agir, que armas seriam necessárias, ganhei outras tantas, quando por si só descobri, que o que faz vencer não são as armas, mas as atitudes... e joguei as armas fora, guardei para sempre as atitudes. Ter atitude diante da própria existência é o que faz diferença quando o critério adotado é apenas viver. Já estive em pontes, que na metade do caminho cederam, em solos que pareciam afundar com meus pés dentro... mas já pisei em rochas, solos firmes...vi estradas prontas, estradas feitas, e tentei segui-las, mas qual foi minha surpresa, quando descobri que os meus caminhos não existem, estrada que se segue, não é estrada que se faz, também essa descoberta foi útil...sabendo que nenhum caminho pra mim está pronto, me resta a destreza de construir o meu próprio caminhar, registrar meus passos nesse chão, no que vejo e no que não vejo....estrada que conduz, é aquela que se faz quando nossos pés passam e ela vai ficando pra trás...

Cristina Lira


terça-feira, 26 de julho de 2011

Revendo



Reencontre-se intimamente todos os dias
Pois a cada amanhecer se nasce de novo
E é preciso deixar renascer
Todo bem querer e cuidados que você possa dar a você
E se pensas que ainda não fizestes nenhuma conquista, enganado estás
Ao abrir os olhos e despertar todo dia
A maior de todas as vitórias já faz
O primeiro bom dia a ecoar nos teus ouvidos
Deve ser aquele produzido por tua alma saudosa
Pela graça de mais um dia, pra se viver a vida.

Cristina Lira


Faz brunir minha vida




Um anjo voava delicado
Riscando o céu com seu rastro
E este anjo tão cândido
Resolveu pousar no meu telhado


E logo minha morada sua tornou-se
Assim como meu coração
Tornou-se assunto da porfia
Entre o tempo e a distancia


Mas dadas as circunstancias
Este anjo com suas asas não me faz esmorecer
Antes envolve-me com um doce amor
E faz a vida aquecer


O meu coração foi trasladado
Por suas mãos para um lugar seguro
E minha vida que antes era túmulo
encontrou luz na luz da sua existência


Meu anjo não se orna de riquezas da terra
Pois sua riqueza é ele por completo
E por tanto ama-lo
Nele se converte meu eu amante...



Cristina Lira


sábado, 23 de julho de 2011

Chá de uma tarde




Não vou falar de versos tristes ou consternados.
Não vou falar dos abismos e escuridões que minha alma já percorreram.


Quero falar da alegria, do amor, da fé.
De tudo que hoje dá mais sentido ao meu viver.


A estrada um dia foi insegura
Fantasmas me falavam aos ouvidos
As palavras transpassavam-me como faca de dois gumes.
Mas não, não quero falar das coisas tristes,  dos momentos em que me enterrei e fui enterrada.


Quero falar do aprendizado de saber ressurgir, de saber aceitar que nem todos os gestos nos farão sorrir, e quando se aprende esses detalhes se vive melhor, se aceita melhor o que está em volta.


As dores jamais serão maior que os amores.
E há amores que curam, que sabem fazer reparos nos corpos "mutilados".
Quero poder falar do amor quer surge quando surge o sol.
Nascendo leve, frágil e a medida que o dia passa, torna-se forte, para depois aquietar-se e nascer de novo.


Quero ver o lado bom das coisas, os bons motivos para se viver. Busquemos o melhor que possamos merecer, e a melhor opção é sempre viver, e nunca deixa-se ser dosado por "injeções" de desânimo.
Somos sopros de vida, felizes ou tristes, nos cabe prosseguir por estradas que nos façam bem, e sem ferir a tantos.
A graça da vida é apenas viver, o dom do amor, é apenas amar...e isso, é tudo!

Cristina Lira


sexta-feira, 22 de julho de 2011

Esperança que espera


Ahhh! O que fazer, se carrego comigo toda esperança que é possível a um ser que existe e resiste nesse mundo? E ainda que me falte tudo, esperanças guardarei...Não a esperança que quer ser emergência, mas a esperança, que com amor, sabe esperar. E regojiza-se na espera.

Cristina Lira



quarta-feira, 20 de julho de 2011

Dia do amigo




Olá meus AMIGOS...
Neste dia que se celebra o dia do amigo, deixo meu carinho e agradecimento pela amizade de todos vocês que fazem parte deste blog, e da minha vida. Deus os abençoe sempre mais e mais, que as estradas onde seus pés pousam sejam suaves e acomodantes, que a vida os envolvam com o perfume da conquista e a paz vinda do céu, que torna a vida doce e prazerosa.

Amigos
Estrelas que caem do céu direto em nossas mãos
Direto em nossos corações
Amigos
Anjos que suavizam as linhas da vida
Que nos ajudam a sorrir, a seguir e nos corrigem nos erros
Irmãos do coração, da alma...
Amor maior
que ressuscita e não nos desfalece
Amigos
Seres que nos cativam e nos marcam
não importa quanto tempo permaneçam em nossas vidas
Se partem logo, ou se sempre ficam
Mas sempre são eternos no aconchego dos nossos corações.


Meus  grandes amores, feliz dia do Amigo a todos vocês...
Bjos grandes em vossos corações

Cristina Lira





segunda-feira, 18 de julho de 2011

Não perca a fé



Faça sua oração.

Não perca a fé, perca os medos.

Você pode não acreditar em Deus.

Mas Ele acredita em você,  e isso faz toda diferença.


Cristina Lira


sexta-feira, 15 de julho de 2011

Cuide de você






Acredite sempre na sua capacidade de vencer, pois ninguém fará isso por você com o mesmo amor e cuidado. Você é um ser único e incomparável...

Cristina Lira
 

domingo, 10 de julho de 2011

Passagem



Nascemos frágeis e delicados
Com poucos artifícios para manifestar nossas vontades
Totalmente dependentes de ajuda
Sem distinguirmos mentiras de verdades.

E somos guiados por anjos
Que sustentam nossas vidas
Que nos socorrem nos momentos de choro
E nos acompanham nos instantes de alegria

Crescemos e tudo parece mudado
Mas tudo sempre está como já foi um dia
Nem tudo é sempre do nosso agrado
Porém, deve-se prosseguir com maestria

Do amor fomos gerados
Para com amor gerarmos vidas
E escrever nas páginas da existência
Historias que por outros serão contadas e lidas...

Cristina Lira



sexta-feira, 1 de julho de 2011

Café da manhã


O dia amanhece
E com ele se agracia minha alma
Por sentir o aroma da manhã
E contemplar o apagão das estrelas
E ver como acordam meus girassois e ipê
Que crescem sob meus cuidados
O dia amanhece
Doce comparado ao mel
E um bando de pássaros tratam logo
De lotarem as torres da igreja
Invadem os sinos, alguns entram no templo
Para agradecer, talvez, mas prefiro acreditar
Que o motivo de estarem lá é para ofertar
Com a pureza do que são, um louvor em gratidão
Àquele que tem o controle sobre cada átomo
Que compõem este imensurável universo
E bebo deste cenário
Como quem sorve uma taça do mais delicado dos vinhos
Ao som de uma música agradável aos tímpanos
No aconchego de uma velha clareira
Aos goles, e bem pequenos, penetra em minha alma
Cada voz que ecoa da natureza
Suas fofocas...seus segredos...sua divindade escondida.
O céu ganha tonalidades 
Que seria impossível ao melhor dos pintores
traduzir com maestria cada tom em suas telas...
Depois da contemplação, encerro meu café, e é hora de misturar-me ao cenário...

Cristina Lira




Olá meus queridos! Tudo bem?
A partir desta data, estarei trazendo luzes de pensamentos para meu cantinho...
Não entenderam? rs...vou explicar!
Toda semana, escolherei um blog amigo para ser homenageado neste cantinho... a escolha será feita com muiiito carinho, e só irá terminar quando eu houver postado aqui o Blog amigo de cada um de vcs grandes pensadores. E se puderem fazer aquela visitinha amiga, sentar e tomar um cafezinho, no blog indicado do dia...nossa....isso trará grande alegria.
E esta, confesso, também é uma forma de visitar amigos e amigas, que apesar de estarem por aqui, não vejo há muito tempo...vamos lá, fazer uma visitinha a essa turma. Antes que eu esqueça, se tem um espaço na internet que tem gente com sentimento, respeito e carinho...ahhh...esse cantinho com certeza é a blogosfera.
Começando a nossa turnê!
E o Blog Grande Pensador de Hoje é:




Tânia, obrigada por acompanhar cada passo do silencio, obrigada por sua amizade!!!

Até a proxima meus queridos, próxima semana, faremos uma visita a outro Blog amigo, espero que possam vir comigo agora lá no blog da Tânia!

Bjos no coração de todos vcs!


Texto II