segunda-feira, 6 de junho de 2011

Pequenas urgências



Ei! Vamos ser felizes.
Que hoje é tão imenso quanto ontem
E tão verdadeiro quanto o amanhã.
Ei! Segura minha mão
Que agora sou tão nós
De uma forma que nunca fui.
Ei! Me deixa pertinho de você
Para compensar o passado e assegurar o futuro
Vamos sair dessas tocas  e ganhar o mundo
Vamos marcar um encontro
No bairro da esperança
Na avenida do amor
E vamos fazer as malas
pra morar na cidade da eternidade
Ei! Vamos agora!
Que a felicidade e o amor são urgentes...

Cristina Lira



Seu Poder





Não posso mais esquecer aquela noite
Uma coisa tão incrível, tão real
Tão presente, que não tem igual
O que se passou em minha mente.

Sei que o Senhor é meu pastor
E nada há de me faltar
Pois quem ele ama
Em suas mãos sempre estar. 

Como dizer que sim, ou que não?
Como falar de um imenso coração
De um Deus sem igual.

Com seu poder move o impossível
Com suas mãos faz o que quer
É assim servir ao Deus invencível. 

Fernando Medeiros
(Em breve mais textos do Fernando estarão circulando aqui)

Sofro tanto - Por Fernando Medeiros




Meu Deus quanta angustia sinto
Por não ter o amor da minha amada
Vejo o dia passar, a noite escurecer
O sol raiar e a lua desaparecer.

Quando vejo os teus olhos
Meu coração começa a palpitar
Minto em dizer que não te amo
Mas não consigo lhe falar.

Minha vida foi uma procura
Te encontrei, falei do amor que sinto
Tu, porém nada a dizer
E eu por aqui continuei a sofrer.


Olá meus queridos, a partir desta data, além de textos de minha autoria, vcs tbm encontrarão poesias de um grande amigo meu, o Fernando Medeiros, espero que gostem! Bjos a todos vcs...