sábado, 16 de abril de 2011

Excluidos!



Eles caminham em passos cegos,
nas esquinas do tempo
e dos templos,
em ruínas.
Eles são as sombras,
os temidos...
os que sempre devem
abafar seus gemidos.
Excluídos!!!
Ninguém caminha nos rastros
dos seus passos,
que são apagados,
como inscrições nas areias do deserto.
Banalizados...
não lhes dão oportunidade.
Reprimidos!
Excluídos!!!

Cristina Lira


Amor verdadeiro


Por Lidiane Medeiros

Este texto é de autoria de uma amiga sensível ao maior de todos os sentimentos, o Amor.
Bjos Lidiane... obrigada pelo texto que já está entre meus momentos de silêncio e meditação...


Quando amamos realmente alguém, somos capazes de doar nossa vida pelo outro, pois o amor é incondicional.
Poetas, filósofos e romancistas ainda não são capazes de decifrar o enigma  do amor...
Amar é, conjugar seus sonhos aos dos amado e viver em conflito com si mesma, e realizar seus desejos mais absurdos, pois o amor não tem fronteiras, e sim portas para a janela da alma.
Lidiane Medeiros