terça-feira, 29 de março de 2011

Nickelback - Savin' Me (Me salvar)



Espero que gostem do vídeo...
bjux!!!
Tudo de bom...

C.lira

Balde de água fria


Tem hora que você se decepciona consigo mesmo, horas em que você não se acha suficiente a si, e uma palavra indelicada faz esses achares brotarem a flor da pele.
Tem hora que espetamos as bolhas de sabão.
As vezes a vista embaça e os caminhos já não parecem mais tão certos.
Sendo preferível um banquinho sob a forte neve do que sob um dia claro de sol, o olhar perdido no vazio e não na multidão. Jogamos as lágrimas para fora como penitência por nosso sentir triste, e toda palavra soa como uma arma perseguitiva.
Porque as vezes só o nosso céu parece estar nublado, e só o nosso solo fica encharcado.

Cristina Lira


Quem disse isso?



E quem disse que não?
O trapézio ainda está lá, olhe os palhaços com seus sorrisos disfarçados, nada mudou tanto assim, nós é que mudamos muito... os mágicos, as bailarinas.Todos, poucos ou muitos, estão lá.
E quem disse que é proibido comer pipoca? E no meio da rua dá cambalhotas?
Quem foi mesmo que criou todas as regras chatas?
Quem te proibiu de ser você? De ficar a vontade, onde lhe der vontade?
Inventaram o preto e branco, mas criaram também um mutirão de cores, e de algumas nem sei o nome, usamos apenas preto e branco se quisermos.
Quem disse que não se pode usar sapato vermelho, calça azul e blusa amarela ao mesmo tempo? Quem???
Quem disse que o cabelo tem sempre que estar certinho? E a roupa engomadinha?
O melhor, quem disse que não podemos sonhar, ousar... girar até cair. 
Dançar os passos desconhecidos aos olhos dos coreógrafos.
Quem disse? Realmente!
Algumas pessoas se perdem em padrões, e vivem acompanhando o tal de "sistema".
Não se venda, e reaja a esse assalto. Não se perca de você. Não deixe de fazer as coisas que gosta só porque não se encaixam no que a maioria faz.
Quem disse que nós não podemos ser felizes? Quem disse que ser feliz é difícil?
Ser feliz é um processo...de todos os dias, e não algo que acontece no fim da vida.

Cristina Lira