quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011


AH! Mas as vezes da vontade de passar no meio de todo mundo,
sacudir os ombros e dizer:


TÔ NEM AÍ!!!
 

Cristina Lira

Sensações

                





Agora estou assim...










Mas hoje 
por alguns momentos
respirei profundo ...




Me senti estranha quando olharam diferente pra mim... 
Como se algo em mim não estivesse no lugar certo!





Mas nada como mudar o olhar, distrair-se... deixar-se perder.






Já desejei um bom dia
doce e recebi um
bom dia azedo...









Muitos pensam que sou assim...



 Quando na verdade este é o meu jeito


                       


Cris...





Amor

Amor é pra sentir e não interpretar...
Amor é amor quando nenhuma resposta satisfaz as perguntas.
Amor
aMor
amOr
amoR

O amor pode nos dar asas, mas jamais nos toma os pés ...


Cristina Lira



O medo das máscaras



Tenho medo das mascaras que me olham, das formas iguais e das cores repetidas.
Máscaras que parecem sorrir, não se sabe se fala a verdade ou se está a mentir.
Tenho medo desse medo mascarado que me atordoa
Que me faz ver as coisas um tanto loucas.
Mas que me assustam, é verdadade,
Estas máscaras enfileiradas.
Nunca param de sorrir, antes fosse com a alma, mas é com a boca da máscara...
Vou fugir daqui, antes que me caia uma dessas na cara e eu não haja por mim.
E se uma dessas me cair, prefiro já não mais existir.


Cristina Lira

Descanso


As vezes me bate a vontade de estar debaixo de uma grande sombra de árvore, diante dos olhos uma bela paisagem...
Nada mais que isso.
C.Lira

As ideias me consomem o juizo.
Os pensamentos me atordoam,
como relâmpagos que clareiam a escuridão
Meu mundo é um balaio,
cabe muita coisa
Mas o incrivel mesmo,
é quando me procuro,
e não me acho.
E quando me encontro me perco.
Minha cabeça é como uma rua,
cheia de becos.
E toda vez que penso que me encontro,
eu me perco.
Nos pensamentos que congestionam
 as ruas e os meus becos...

Cristina Lira

Jogando fora os guarda chuvas




Chega de guarda chuvas. 
Ele é insuficiente para meu desejo de estar no meio da tempestade, meu caminho segue o curso de um tornado.
Definitivamente...um guarda chuva não resiste a isso.
Aos ventos, mil perdões...mas estou pesada como concreto.
Até a acidez já desistiu de me corroer...
Não... a conclusão é certa! Não se pode se esconder debaixo de um guarda chuvas quando se tem a frente uma tempestade. Não se pode usar um guarda chuvas quando se é um tornado.


Cristina Lira




Se hoje fosse meu ultimo dia 

de vida e pudesse pedir algo,

somente um pedido e nada 

mais, o que eu pediria?


Ah! Fácil...



Eu diria:
DEUS, dá-me vida...



A vida é esse presente especial, o qual reclamamos da embalagem, do jeito desarrumado do laço, e até do cartãozinho mal colado... a surpresa mesmo é quando se abre o pacote... alguns levam a vida toda para fazer isso...


Cristina Lira