terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

A perfeição dos meus defeitos




Amo meus defeitos, eles me conhecem e eu os conheço muito bem. Eles são notáveis. Faço questão de apresentá-los, e só depois, a conta gotas, apresento meus valores. Meus defeitos são inofensivos, não oferecem perigo a quem está por perto, são partes humanas de um ser humano. E que quiser me conhecer, deve aceitá-los, pois sem eles sou como um vaso quebrado, perdida em mim...são minhas imperfeições que me estimulam a acertar...e como não sou perfeita, o que em mim é imperfeito, torna-se quase uma qualidade...

Valorize-se, ame-se por completo...não permita que ninguém lhe aplique injeções de desânimo!
Cristina Lira