domingo, 25 de setembro de 2011

Cartas ao mar



Estou jogando desejos ao tempo...
Desejos de que o mundo possa sorrir...e eu juntamente possa ser feliz.
Jogando cartas ao mar...deixando uma marca, ainda que ínfima, no tempo...na minha geração.

Cristina Lira



19 comentários:

  1. Cristina, muito linda essa sua reflexão. Com certeza as marcas permanecerão.
    Beijos no seu coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  2. Desejos e cartas. Muito bom
    Um grande bj

    ResponderExcluir
  3. Todos nós desejamos deixar algo que nos lembre quando partimos...
    Se aquilo que deixamos ajuda de alguma maneira a melhorar o que já existe a nossa felicidade é plena.
    Parabéns pela sua reflexão
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Emotivo y tierno texto , Cristina .T invito a seguir mi blog.Saludos poéticos.

    ResponderExcluir
  5. Olá, parabéns pelo lindo blog, já estou seguindo e aproveito para convidá-la à participar do meu blog tb.Me add no facebook, estou como Bolo Doce Bolo Buffet.Bjs e sucesso!!!

    ResponderExcluir
  6. .


    Assim como todo pai acha
    lindo o filho feio, eu a-
    cho que no meu jardim aonde
    planto uma rosa a cada dia
    é o melhor lugar para você
    abrir em flor o botão do
    seu sorriso.

    Espero vê-la por lá...

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  7. Cris... sinti falta das tuas belas palavras.
    Bjus querida,
    uma semana de paz p/ vc!! :)*

    ResponderExcluir
  8. Que voem livres esses desejos lançados ao mar. :)

    ResponderExcluir
  9. Para que nossos desejos se realizem teremos que lutar por eles! Nada nos é oferecido. Nada se consegue sem esforço!


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, Cristina.

    Parece que algumas garrafas jogamos no mar, tamanha é a demora para algumas respostas.
    A maioria continua boiando.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Estou lhe seguindo.
    Maria Auxiliadora(Amapola)

    ResponderExcluir
  12. Oi querida
    to fazendo um desafio no meu blog, e gostaria muito que vc participasse, as incrições vão até dia 01. Vem lá dar uma olhadinha!
    Ta aqui o link:
    http://asoonhadora.blogspot.com/p/entre-cartas-e-cancoes.html
    Deus abençoe

    ResponderExcluir
  13. Me acercaré a las orillas de mi mar para esperar llegue alguna de tus cartas al mar...
    Me gusta como escribís, saludos desde Buenos Aires.

    ResponderExcluir
  14. às vezes me pego pensando... quando eu nao tiver mais aqui, do que mais irão lembrar sobre a minha pessoa? Qual será a minha marca?Trabalhadora, muito correta, honesta, super organizada... Se olharem só as qualidade tá bom...beijos Cris!

    ResponderExcluir
  15. .


    Eu não quis arpejar seu piano
    ou o seu cravo dedilhar. Eu
    quero é rodopiar ao som da Lira
    para a minha vida regalar.

    silvioafonso





    .

    ResponderExcluir
  16. Profundas e sábias palavras... Uma mensagem iluminada! Que a felicidade reine sempre em tua vida! Carinhos meus a ti... Bjsss

    ResponderExcluir
  17. Houve um tempo
    que tinha amores
    esperava por elas
    sonhava com minha Kamala
    minha Yoko
    minha Layla... Marília
    Julieta
    escrevia poesias apaixonado
    cartas de amor
    epístolas com o coração rasgado
    jogava-as no mar
    em garrafas azuis
    jogava ao luar
    mandava-as em envelopes
    florais
    lacradas dom beijos
    telegramas dramáticos
    pássaros fantásticos
    hoje não tenho mais amores
    nem escrevo cartas apaixonado
    meu coração apenas recita ondas
    para o eletro-cardiograma
    não faz mais poemas
    sua estrofe é uma ponte
    de safena
    tomo drágeas controladas
    não tenho mais namorada
    não sou mais poeta
    sou servidor público
    vou apenas ao correio
    pagar a previdência
    e pegar meu contracheque.


    Luiz Alfredo.

    ResponderExcluir