quinta-feira, 28 de julho de 2011

Das surpresas na vida


Já morri e nasci tantas vezes, que mais uma vez posso morrer. De alguma forma aprendi a renascer, de tantas vezes que precisei usar desse artifício.  Já chorei e sequei as lágrimas tantas vezes, que mais uma vez ainda poderei chorar, mas nesse meio termo, aprendi a sorrir, e essa é a melhor parte da história. Já cai e levantei, nenhuma queda foi tão forte a ponto de me prender ao chão, nenhuma queda é forte demais que não se possa levantar, nem que seja com ajuda. Vi o sol nascer, a lua surgir, e arco-íris transpassar nuvens... Mas já vi tempestades, vendavais, farfalhar das folhas das árvores além do normal, mas sempre houve um dia de sol. Perdi algumas batalhas, por não saber como agir, que armas seriam necessárias, ganhei outras tantas, quando por si só descobri, que o que faz vencer não são as armas, mas as atitudes... e joguei as armas fora, guardei para sempre as atitudes. Ter atitude diante da própria existência é o que faz diferença quando o critério adotado é apenas viver. Já estive em pontes, que na metade do caminho cederam, em solos que pareciam afundar com meus pés dentro... mas já pisei em rochas, solos firmes...vi estradas prontas, estradas feitas, e tentei segui-las, mas qual foi minha surpresa, quando descobri que os meus caminhos não existem, estrada que se segue, não é estrada que se faz, também essa descoberta foi útil...sabendo que nenhum caminho pra mim está pronto, me resta a destreza de construir o meu próprio caminhar, registrar meus passos nesse chão, no que vejo e no que não vejo....estrada que conduz, é aquela que se faz quando nossos pés passam e ela vai ficando pra trás...

Cristina Lira


21 comentários:

  1. podemos ate não seguir estradas, mas seguimos no mundo sempre alguma pegada, sempre por um caminho já trilhado, na vida transformam-se tudo se refaz.

    beijinhos querida, belíssimo texto

    ResponderExcluir
  2. Passando pra deixar um beijo, e desejar uma noite iluminada, e que tenhas amanhã um dia abençoado, e repleto de felicidades, beijos Meus...

    ResponderExcluir
  3. Cris :)

    Passando pra lhe desejar um bom restinho de semana

    Beijos e se cuida ta?

    ResponderExcluir
  4. Uma reflexão de atitude e muita concentração naquilo que você diz. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  5. Oi Cris, tudo bem?
    Faz tempo que não vinha aqui, muitas coisas aconteceram, voltei para o Brasil, passei pela fase de adaptação, fiquei sem net, depois fiquei com a net lenta e agora as coisas estão finalmente entrando nos eixos.
    E, quando volto aqui, já me deparo com este post tão lindo e significativo.
    Ele me fez lembrar de um post que escrevi há muitos meses, o link é este:

    http://flaviashiroma.blogspot.com/2010/02/sempre-podemos-ter-uma-nova-vida.html

    ...que fala exatamente disso, se podemos ter mais de uma vida em uma só, se podemos sempre renascer se assim desejarmos.

    Adorei voltar aqui.
    Um beijo!
    :)

    ResponderExcluir
  6. Melhor é mesmo isso.. trilhar nosso próprio caminho.. sonhar nosso sonhos.. Construir, realizar! (:

    Bjuu

    P.S: Saudades de vc.. tens andando um pouco ausente! Espero que esteja tudo bem! :)

    ResponderExcluir
  7. Lendo suas palavras me pego refletindo sobre muita coisa na minha vida e isso me faz muito bem. Vc escreve de uma maneira tão linda, isso é um dom de Deus, parabéns!!!!!

    Bjus**

    ResponderExcluir
  8. Seu pensamento é d + profundo e lindo!
    É a realidade de cada um em alguma fase de suas vidas!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  9. Cristinaaa...
    Parabéns!
    Um dos posts mais lindos que já li.

    ^^

    ResponderExcluir
  10. O caminho se faz caminhando...Passo a passo...Passado é caminho, é escolha, é a vida da gente tomando rumo e nos tornando gente...

    ResponderExcluir
  11. Eu também já tive a minha conta..rs..beijo querida saudades viu...bj ..bom dia..

    ResponderExcluir
  12. É preciso sempre está pronto para recomeçar. Os altos e baixos na vida fazem parte e são aprendizados para nós. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  13. Cristina, que texto fantástico! Vi-me quase em cada frase. Adorei. :)

    ResponderExcluir
  14. Cris... Esse texto foi fundo no meu coração, passei momentos muitos difíceis nesses últimos meses, ainda estou tentando me levantar, ter forças e vontade de continuar seguindo! Texto maravilhoso!!!!!!!!
    Parabéns!
    Comecei a escrever um Conto, passa lá no meu cantinho e deixe sua opinião...
    Saudades, um grande beijo pra ti, um hiper, super ótimo final de semana! Bye
    Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi menina Cris...

    Quanta saudade...hum rum...Humpft !
    Dias tão corridos né ? Mas sempre fazemos um esforço para vir visitar os amigos queridos e ler os seus textos, magníficos, como este seu...

    Quantos caminhos há para seguir ? E quantos atalhos nos conduzem na maioria das vezes mais rápido aos objetivos ? Estradas prontas, eu até as navego...mas prefiro a construção das minhas, próprias...são mais "sólidas"...

    UM beijo carinhoso...muitos xerossssssssssssss
    e Deus te abençoe...magnífico fim de semana...

    Ps: TE AMO...

    ResponderExcluir
  16. Oi Cris

    Que linda forma de pensar... Aprendizado pra quem lê...
    É bom quando a gente descobre pessoas tão inteiras no que escrevem e você é uma delas.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  17. Querida Cris, simplesmente maravilhoso o seu texto.
    «quando descobri que os meus caminhos não existem, estrada que se segue, não é estrada que se faz, também essa descoberta foi útil...sabendo que nenhum caminho pra mim está pronto, me resta a destreza de construir o meu próprio caminhar, registrar meus passos nesse chão, no que vejo e no que não vejo....estrada que conduz, é aquela que se faz quando nossos pés passam e ela vai ficando pra trás» Conhecimento consciente ! Parabéns. Bjito e uma flor.

    ResponderExcluir
  18. Afff que texto maravilhoso!!! Concordo totalmente com a Ani você é muito boa com as letras. Não me canso de dizer que amo esse blog. Boa semana Cris.

    ResponderExcluir
  19. Simplesmente lindo e verdadeiro. Como vc disse, as nossas armas são nossas atitudes, e eh isso o q conta.
    Amei o seu texto, Cris! Tava com saudades!!!
    Bjokas!!!

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  21. Lindo, lindo, lindo. O blog é sensacional!

    ResponderExcluir