terça-feira, 3 de maio de 2011

Uma dose



Quero uma dose anestésica para não sentir toda essa dor de outras dimensões.
Uma dose de alegria, para disfarçar todos os dias que chorei, que remendei as feridas.
Uma dose de amnésia, para esquecer tudo que a noite me tirar o sono, pra esquecer um pouco de tudo que me pesa a mente, quero a leveza, apenas a leveza.
Uma dose de exagero e perda de pose, uma dose  de descontrole... para equilibrar os lados.
Quero uma dose de mim nas veias, eu, puramente em mim... ando me esquecendo nos cantos da casa, e nos lugares onde passo.
Quero uma dose...forte! De tudo que me faça feliz!

Cristina Lira



2 comentários:

  1. Olá Cristina, sempre tão intensa! Lindo mas triste. Bjo Angela.

    ResponderExcluir
  2. Pede duas por favor! :)
    Adorei,Flor.
    Parabéns!
    Um beijo pra ti.

    ResponderExcluir