Páginas da vida

Não fossem os marcadores, algumas páginas da minha vida estariam  perdidas. 
Todas as páginas, alegres ou tristes... todas elas sou eu, perde-las traria-me grande vazio...
Contento-me portanto em vira-las apenas, mas jamais as rasgo, move-me a curiosidade de saber os próximos capítulos ...

Cristina Lira



P.S.: Olá meus queridos, minha irmã é a mais recente integrante da blogosfera, com os blogs Cartas de um coração, e Deus em minha alma se tiverem um tempinho, o endereço é o seguinte:

http://deusemminhaalma.blogspot.com/
Bjos a todos!!!


Comentários

  1. Oi menina Cris...hehehe

    Entendi então...os morenos somos nós...que bom..
    Hehehe
    Então, as coisas aqui tão corridinhas também, um cansaço enorme mas sempre disposto para mandar e receber carinhos...aguardo o texto sobre nós, os homens...hehehe

    Adorei esse texto...realmente não somos nada sem os "marcadores" de páginas, para recordar momentos especiais ou não, e não esquecermos o que somos e ao que viemos...

    É...niver chegando...e matando sua curiosidade, serão 5.4 primaveras...hehehe

    Ah ! Coloquei outra fotinho sua na página de Meus Afetos, com uma da Marília e outra da Márcinha, minha tríade de meninas...hehehehe

    Bjos carinhosos, xerossssssssss e um abração apertadoooooooooooooooo tipo URSO...

    Deus te abençoe !
    Inté

    ResponderExcluir
  2. Acho que os amigos são ótimos marcadores, pois nos fazem lembrar de tudo que se passou...
    Bom fds, querida.

    ResponderExcluir
  3. É importante não rasgar nenhuma página.. Fazem parte da nossa história, e de certa forma, são responsáveis pelo que somos hoje.


    Criis.. Lindo, lindo! adorei! xD

    BJuu =*

    ResponderExcluir
  4. Renata disse:
    Eu me perco também com todos os meus papéis.Meus marcadores são os próprios remetentes,esses que nunca recebem minhas cartas ou mesmo,distraídos,não se reconhecem em minhas crônicas intimistas.
    Fazer o quê?
    Mas eu adoro encontrar completude,aquela completude que só encontro nas minhas palavras soltas em tantos rascunhos.

    :)*

    ResponderExcluir
  5. Belíssimo Cristina!.. Com certeza podemos comparar nossa vida a um livro em que a cada dia escrevemos um novo capítulo.. e certamente devemos manter todas as páginas para que no final nosso "livro" seja editado, retratando nossa passagem por este plano!
    Beijocas super em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  6. xiiii...essa foto parece o meu escritorio no fim de semana,...rs...eu acredito que as nossas historias devem ser escritas...bjs .te adoro..bom domingo

    ResponderExcluir
  7. Como você é doce, não? Que gentil o seu comentário em meu blog. Obrigado!
    Essa postagem está fantástica. O texto intimista, a foto surreal. Continuemos escrevendo nossos livros, Cristina. No final de tudo, é o que fica. As paginas escritas. Abraço! Tenha uma linda semana!

    ResponderExcluir
  8. Qual a graça de pular do início para o fim, não é?!
    Lindo texto.
    Obrigada pela visita.
    Bjusss

    ResponderExcluir
  9. Oi menina Cris...

    Disse para a Marília, repito para ti : quando retornei com meu cantinho não imaginava que ele seria abençoado com a presença de vocês...que fazem meus dias serem mais alegres e serenos...adoro gente jovem e talentosa e, acima de tudo, amorosa !

    Humpft....obrigado por compartilhar tua vida e tuas experiências comigo...hum rum...

    Um beijo carinhoso, Deus te abençoe...semaninha repleta de energias BOAS...
    Inté...

    Ps.: Xerosssssssssssssssssssssss quíntuplos

    ResponderExcluir
  10. Oi Cris querida...
    Não precisa pedir desculpas nunca, pois entendo muito bem a falta de tempo, também sofro deste mal.O post tá lindo e a foto um deslumbre, acho que mesmo sem querer,inconscientemente temos os nossos marcadores que estão sempre lá a nos mostrar onde paramos e de onde devemos continuar.
    beijos e tenha uma ótima semana

    ResponderExcluir
  11. Olá Cristina
    Nunca rasgamos a nossa estória, seria como acabar com nossas lembranças.
    Tenha uma linda semana
    Bjux

    ResponderExcluir
  12. Olhando pra frente sempre. O passado fica la, como os livros didaticos, pra gente voltar e ver o que ficou na história.


    Beijos moça!

    ResponderExcluir
  13. leve e profundo ao mesmo tempo. adorei. parabéns à irmã. Bem vinda à blogosfera. boa semana às duas.

    ResponderExcluir
  14. Cris, minha linda, que bom te receber em meu cantinho! Obrigada mesmo pela visita. Antes de comentar sobre esta postagem queria avisar que indiquei você à um selinho em meu blog. Não esqueça de passar lá para buscá-lo :D
    E quanto ao texto, concordo plenamente com você. Embora nossas vidas sejam inundadas pelas coisas tristes e malvadas, nós precisamos ter a consciência de que isso faz parte de nós - e somos quem somos com todos os defeitos e qualidades. Muito embora a gente mude conforme às diversidades de coisas e fatores que possam influenciar nisto.

    Com amor,
    Cynthia'

    ResponderExcluir
  15. Sim, Cris:
    Cada um de nós compõe-se de mil fragmentos.
    Somos uma figura imáginária feito de mil vezes mil dominós.
    Somos o que somos em resultado de nossas escolhas, de nossos amores e(por que não?), de nossas decepções.
    Somos a vida, somos o amor e a alegria!
    Abração, querida!

    ResponderExcluir
  16. oi amiga.
    fiz um desafio oficial para o blog amor imortal e gostaria muito que respondesse:
    http://amorimortall.blogspot.com/2011/04/desafio-oficial-do-amor-imortal.html
    beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Cris, muito obrigado por interagir
    comigo, no meu espaço virtual.
    Você é doce, se as minhas palavras transmitem
    energias ,os teus poemas, me inspiram a
    própria vida!
    Enfim, posso dizer que a troca de energia é,
    positiva e reciproca.
    Quanto ao seu poema; "páginas da vida",
    ela é bonita demais, suave, e doce como
    a própria autora.
    Não, não se envaideça, pois são verdadeiras,
    as minhas palavras.
    Elas são o fruto, da leitura de todos
    os teus belos poemas.
    Só uma pessoa sensivel, poderia ter uma
    percepção tão divina, deste mundo concreto, e
    que algumas vezes ,me parece tão insano.
    Apreciei muito a sua interação, com a minha
    essência, e desde já agradeço por existir,
    e fazer da tua vida, um exemplo a ser
    seguido por todos!
    Muito obrigado por existir, saiba que
    caminharei ao teu lado, na condição
    de um eterno aprendiz, onde vou
    aprender muitas lições relevantes, sobre
    a vida!
    Te adoro, garota, NAMASTÊ!

    ResponderExcluir
  18. Olá minha cara,

    interessante o nome do seu blog porque no silêncio falamos muito... Gostei de estar aqui. Grata por suas adoráveis palavras lá no Sempre Poesia. Fiquei muito feliz com sua amável visita, volte sempre que desejar. Bj e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  19. Olà Cristina Lira,

    Em passos silenciosos entrei aqui e como um marcador jamais ela me vai perder!;)

    Olha, as páginas da nossa vida marcada ou não, faz parte da nossa história.

    Beijinhos e uma boa semana!

    ResponderExcluir
  20. E nunca, nunca mesmo, deixar essas páginas em branco.

    ResponderExcluir
  21. Tbm não rasgo nenhuma página da minha vida. Tudo está registrado e muito bem guardado.. mesmo os escritos ruins, pois estes de certo, servem de lição.
    Bjus querida!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Um dia você aprende... - Willian Shakespeare - ( Um dos textos que gosto)

Valorize a pessoa que está ao seu lado e que te aceita como és...

A vida passa rápido demais