sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Ei, garoto!

Ei, garoto! O que você pensa que esta fazendo?
Desmonte esta banca toda.
Ninguem nunca o ensinou que não se deve mexer no que esta quieto.
Cuidado garoto. Este jogo pode ser perigoso demais pra você.
Não tente se enganar...olhe bem a sua volta, tudo parece bem?
Então não tente despertar sentimentos que estão dormentes.
Acaso nunca vistes as lavas impiedosas dos vulcões quando acordam.
Ei, garoto! Por que não bate em retirada enquanto pode.
As cartas revelam que você tem uma chance, faça uma boa escolha.
E se quiser continuar neste caminho, tenha cuidado.
Ninguem nunca lhe ensinou a não despertar feras quando dormem.
Tudo pode ser muito arriscado. É um jogo de partida única.
Não fique ai parado. Mova-se, ou parta em retirada.
Mas se não aguentar toda essa explosão que se arroja na estrada, é melhor fechar os olhos.
Tudo é perigoso, em momento algum falei que não seria.
Ninguem nunca o ensinou a não despertar feras adormecidas? (Cristina Lira)

Porto seguro

Aquela viagem que foi a primeira das muitas que faremos, nos tornou tão próximos. Era tarde, e você sentou-se ao meu lado, era o unico lugar vazio alí. Mas, nem imaginava-mos que daquele instante em diante nenhum de nós nos perderiamos neste espaço.
Hoje você é pra mim o melhor sonho em todas as minhas noites.
A presença mais vislumbrante que meus olhos veem ao acordar.
Quando recebo seu abraço sei que o mundo se curva para nos ver.
E passeamos por terras estranhas, turistas em todos os lugares.
Estivemos com a solidão, com a tristeza, com as dores, lágrimas, insultos, feridas...mas nestes sentimentos apenas fomos turistas. E quando nos encontramos não voltamos a esses lugares, sabiamos nosso destino final.
Voce é meu limite.
Morte é não te ter. Vida é morrer sabendo que tenho você... (C.Lira)

E se...

E se você só tivesse o hoje pra viver?
O que você faria?
Quais seriam suas atitudes, as pessoas que procuraria?
Aliás, procurarias alguém?
Que coisas em voce seriam mudadas?
Quais permaneceriam?
Que medos seriam esquecidos? Quais lhes faria tremer?
E se voce só tivesse hoje pra viver?
Que loucuras cometeria?
Talvez nenhuma! Talvez se escondesse...se trancasse e chorasse...
Pensou?
.
.
.
e porque não fazer tudo isso a partir de hoje?
Porque as nossas vontades diante de um fim parecem ser tantas?
Nos falta atitude para deixarmos a infantilidade que nos sonda, por vezes, e nos faz sermos cegos diante da valiosidade de um dia, de uma hora e dos minutos...das pessoas!
Adotar a regra, viver cada dia como se fosse o ultimo, pode nos ajudar a entender algumas coisas:
Que as pessoas não são todas iguais, que umas vão nos machucar, outras nos amar!
Que os dias não são só alegrias; vamos sorrir, chorar...
Que o silencio as vezes substitui o lugar de muitas palavras...
Voce não precisa esperar o ultimo dia de sua vida para amar, ser feliz...ser você mesmo...com seus limites, defeitos e qualidades...viva!
E leve vida a todos a sua volta...
Faça tudo como se fosse a ultima vez! E descobrirá que mesmo que os dias pareçam iguais eles são unicos e cheios de aprenderes novos. (C.Lira)