Sou lágrima



Quando me transformo em lágrima, resumo minha dor aos meus prantos.
Porque chorar, às vezes, parece fácil.
Por que chorar, as vezes, parece solução.
Afogo-me nas dores do momento.
Enquanto eles brigam
estou num recanto.
Eles se desentendem, e todo material bélico explode em cima de mim.
Eles explodem as muralhas, mas quem cai sou eu.
Me tranformo em lárimas, e logo me sinto como um mar, no sabor de suas aguas.
Ou como um rio que apenas sangra...

Cristina lira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um dia você aprende... - Willian Shakespeare - ( Um dos textos que gosto)

Valorize a pessoa que está ao seu lado e que te aceita como és...

A vida passa rápido demais