sábado, 4 de dezembro de 2010

Quantas vezes



Quantas vezes já esbocei um sorriso quando na verdade estava me afogando em lágrimas.
Quantas vezes já disfarcei que havia chorado fingindo estar com sono.
Quantas vezes me sacrifiquei pelos outros e fui sacrificada, não que eu esperasse recompensa.
Quantas vezes já me senti sozinha mesmo rodeada das pessoas que amo.
Nem me recordo das sensações de "está faltando algo, mais não sei o que" que me atingiram sem motivos.
Tantas e tantas vezes fingi uma certa felicidade que até acreditei e me deixei convencer pelos sorrisos que usava apenas como um disfarce. Não importa o quão triste ou desmotivada possa estar, o que conta é minha capacidade de não transmitir estas sensações aos que sutilmente de mim se aproximam.

C.Lira

Nenhum comentário:

Postar um comentário