Algumas trocas


Troco a algazarra das vozes humanas, quando desequilibradas, por uma algazarra de aves num tamarindeiro ao entardecer.
Troco o voo dos aviões pela acrobacia dos gaviões que riscam o céu. Troco o ar pesado da cidade pelo ar nobre do campo.
Troco um banho no chuveiro por um banho de rio branco.
Troco o barulho das buzinas dos carros pelo tinir incessante de um sino numa pequena capela. Troco todos os bailes pela adorável visão de contemplar a dança das borboletas na primavera e o ziguezague das abelhas.
Troco as sombras escaldantes da vida urbana, pelas sombras frias das mangueiras.

(Cristina Lira)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um dia você aprende... - Willian Shakespeare - ( Um dos textos que gosto)

Valorize a pessoa que está ao seu lado e que te aceita como és...

A vida passa rápido demais