segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Por dentro




Dentro de mim existe uma criança que só quer sorrir
correr pelos campos com a alma liberta
sem problemas e sem o minimo de pressa
Tenho em mim desejos de liberdade
de acordar cedinho para ver os bichos no pasto
e tomar banho de chuva no mato gasto
Quero ter tempo para acompanhar a metamorfose
das borboletas que tanto me encantam
Correr atrás dos monstros que me espantam
Quero que a criança que existe em mim
não se transforme também em adulto
gente sempre ocupada achando que sabe tudo
Me basta apenas saber o essencial
não me interessa ter todas as respostas
não quero uma independencia imposta
Vou me levantar pra ver o arco-iris roubando a chuva
as trovoadas sacudindo o céu no inverno
lembrar só do céu e esquecer do inferno
A criança que há em mim é pequena mas madura
almejando a realidade dos sonhos de amor
do mais profundo desejo ao mais eterno sabor.
C. Lira

2 comentários:

  1. Para que a vida não se torne um tédio devemos ser eternas criãnças. A vida é bem lenhor assim!

    ResponderExcluir
  2. Um coração de criança sempre compreende as coisas com carinho e quando se irrita, logo se esqueçe...

    ResponderExcluir