segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Eu te vi, tu me vistes...e nós não nos vimos


E você finge que não me vê. É, eu estava lá, e te vi tentando não me ver.
Vi seus olhos disfarçando que não via os meus, e vi também quando reparastes meu nome lá, naquela lista, a tua lista.
Eu estive lá, e sua indecisão em me ver só revelou que nem todos os dias são iguais.
E que ironia do destino, hoje eu te vi, mas passei por cima do teu nome diante dos outros nomes da minha lista.
E agora é assim: você me vê e eu te vejo e fingimos que não nos vemos e apenas pulamos nossos nomes em nossas listas. E somos tão cúmplices de nós mesmos, e em arte de disfarce somos um desastre, e o mais interessante é que somos apenas estranhos...

c.lira

Nenhum comentário:

Postar um comentário