quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Ao lado


Não continue caminhando assim, distraído e preciptado dentro de você mesmo. Levante a cabeça, olhe pro lado, e me verás bem próxima a ti.
Estes problemas não podem ir te roubando assim, calma, será que a paciência não pode prevalecer por uns instantes. Deixe-me te abraçar, abafar toda essa turbulência.
De longe fico olhando tudo isso, a solução está tão clara.
Meus passos são silenciosos e posso chegar bem perto sem que me notes, porque na verdade só quero que possas olhar pro lado, e bem ao lado, ali estarei. Mas estás tão centrado em coisas insignificantes que aos poucos parece afundar, não se preocupe, ao lado...estarei ao teu lado...
Cristina Lira

Nenhum comentário:

Postar um comentário